VINHO À MESA

Este não é um livro de receitas mas inclui receitas dos melhores chefes de cozinha nacionais. Este não é um livro de vinhos mas inclui alguns dos melhores vinhos nacionais. Este é um livro onde comida e vinho se fundem e o leitor fica a conhecer melhor as regiões vitivinícolas nacionais e as melhores harmonizações entre vinho e comida através de um trabalho sério, mas escrito de forma acessível e com muito bom humor.
Aqui encontrará a descrição das regiões e as receitas de menus com quatro pratos cada (entrada, prato de peixe, prato de carne e sobremesa), harmonizadas com alguns dos melhores vinhos nacionais. No entanto, aqui o vinho é rei. Os chefes foram desafiados para cozinhar para os vinhos, e não o contrário, como é habitual.
Os prefácios são da autoria de Duarte Calvão e Frederico Falcão, dois nomes incontornáveis do mundo da gastronomia e dos vinhos em Portugal.

Regiões: Vinhos Verdes, Douro, Trás-os-Montes, Beira Interior, Dão, Bairrada, Tejo, Lisboa, Península de Setúbal, Alentejo,  Algarve, Madeira, Açores. (Távora- Varosa não se inclui neste livro devido à escassa quantidade de marcas de referência, mas foram incluídos dois espumantes dessa região no Douro).
Chefes de cozinha:
Alexandre Silva, Diogo Rocha, Henrique Sá Pessoa, João Rodrigues, José Avillez, Justa Nobre, Leonel Pereira, Miguel Castro e Silva, Miguel Laffan, Pedro Lemos, Ricardo Costa, Rui Paula, Vítor Sobral.

COMPRAR


O VINHO NA PONTA DA LÍNGUA

‘O vinho na Ponta da Língua’ pretende esclarecer os enófilos sobre o mundo do vinho. Com uma linguagem acessível, descontraída e bem-humorada, e as divertidas ilustrações da cartoonista Cristina Sampaio, esta obra vai permitir-lhe responder a todas as dúvidas:  A que temperaturas devemos servir o vinho? Que tipo de copos utilizar? Como fazer a análise sensorial (visão, olfacto, paladar)?, Como combinar comida e vinho? Que utensílios devemos utilizar? Como escolher vinho nos restaurantes, Como armazenar vinho em casa?
O Vinho na Ponta da Língua tem todas as informações que precisa para tornar o seu paladar mais exigente. No final, o livro inclui ainda sugestões de vinhos para treinar o seu paladar e / ou apreciá-los em diferentes ocasiões. Leia, aprenda, divirta-se e seja um craque no maravilhoso mundo dos vinhos.

COMPRAR


GUIA DO ENOTURISMO EM PORTUGAL

Este é o primeiro Guia de Enoturismo em Portugal impresso, com todas as informações sobre os melhores locais a visitar, e também onde dormir e onde comer. Uma seleção que inclui, segundo o critério definido pela jornalista Maria João de Almeida, apenas aqueles que considerou serem os melhores enoturismos que temos no país: os que recebem melhor, têm maior número de actividades ou melhor serviço. Tudo conta no peso da balança. A escolha é puramente editorial, criteriosa e isenta, tendo sido todos os enoturismos visitados e testados.
O guia está dividido por regiões, sendo que em cada uma delas se conta a história das propriedades e das actividades de enoturismo ali praticadas, e ainda sugestões de vinhos para provar. No final de cada capítulo são também sugeridos vários locais para pernoitar ou fazer uma refeição, de forma a tornar o guia ainda mais útil e abrangente.
Premiado como o  ‘Melhor do Mundo’ na categoria de enoturismo, nos Gourmand World Cookbook Awards, o ‘Guia do Enoturismo em Portugal’ vai já na sua terceira edição, revista e aumentada. Lançado em português e inglês, é já uma referência nacional.

COMPRAR


MEMÓRIAS DO VINHO

‘Memórias do Vinho’ conta a história pormenorizada de vinte propriedades portuguesas produtoras de vinho: Palácio da Brejoeira e Casa de Sezim (Vinhos Verdes); Quinta de Ervamoira, Quinta de Vargellas e Quinta do Vesúvio (Douro); Casa de Santar (Dão); Palácio do Buçaco (Bairrada); Terras de Sado, Quinta da Bacalhôa, José Maria da Fonseca e Estabelecimento Prisional Pinheiro da Cruz (Península de Setúbal); Quinta de Alorna (Tejo); Adega Cartuxa e Herdade do Mouchão (Alentejo); Adegas Camilo Alves e Adega de Colares (Lisboa); Adega do Pico (Açores); Barbeito, Madeira Wine Company, Henriques & Henriques e Artur Barros e Sousa (Madeira).
Classificado de Interesse Cultural pelo Ministério da Cultura, este livro contou com uma aprofundada pesquisa que envolveu, além de entrevistas aos produtores, o recurso a arquivos públicos e privados, bibliotecas e museus. Paulo Laureano, reconhecido enólogo português,  colabora neste livro com notas técnicas, no final de cada capítulo, dando assim a conhecer um pouco mais sobre o terroir e castas de cada região. O prefácio é do jornalista e crítico de vinhos João Paulo Martins.
Enriquecer culturalmente o livro, aliando a história dos vinhos e de Portugal à arte, foi outro dos objectivos. Na primeira tiragem de 3500 exemplares, foram concebidos 300 livros de colecção, idealizados pelo Professor e Escultor Charters de Almeida. (150 exemplares do livro com uma placa acrílica desenhada a laser (que surge também na capa do livro), e outros 150 exemplares com uma escultura, através da qual cada leitor pode construir as suas próprias memórias. As obras são numeradas e assinadas pelo conceituado escultor.

LIVRO ESGOTADO